Karol Costa
Cartas da Karol
Capa Meu Diário Textos Áudios Fotos Perfil Livros à Venda Contato Links
Textos
Atribulações e provações
Impossível vão dizer, mas para quem?
Aquele que sabe o que deve deixar para trás, quantos erros e acertos pelo caminho vão acometer e terem coragem de mesmo assim seguir passo a passo.
Mas nada sai como se imagina, não é.
Pode imaginar N possibilidade de dar certo mas nunca parou para pensar na margem de erro, pois é não é mesmo e é ali exatamente que se consegue o crescimento, “a tranco e a barrancos”.
Quanto mais pessoas entram em nossa vida, outras vão saindo mas não fique preocupado(a), já que é assim que a vida vai se renovando, isso é chamado de: o ciclo da vida.
Confie e creia a ponto de que o seu EU venha lhe pedir a cada amanhecer, para respirar fundo e bater no peito já que lhe é concedido uma nova oportunidade mais uma vez ou outra vez para tornar tudo diferente do que foi ontem ou até mesmo a um segundo atrás.
Onde estiver seja a diferença, mostre que sua presença é importante, não pelo que você diz mas sim por suas atitudes.
Haja visto que as atitudes são a maior prova de caráter que alguém pode conceder ao outro e a si mesmo.
Lindo é ver que o outro conseguiu ver a sua alma e não só a sua aparência externa.
Seja forte o suficiente para suportar as “porradas” que a vida vai lhe dar, pois a vida te faz forte em meio as adversidades, bem naqueles momentos tão conhecidos algumas vezes como “fundo do poço”, “deserto” e mais corriqueiramente as tormentas.
Em tempos de pânico alienado causado por situações que escorregam entre os dedos, agarrar-se as coisas boas alivia as pressões e acalenta a alma.
O que faz as pessoas se perderem ao meio ao caos, é o desespero pelo desconhecido. É o momento de apegar-se a algo, criar sua própria rotina, válvulas de escape, fazer uma introspecção.
Ninguém disse que passar por meio de um “furacão” seria fácil, mas quando enfim passar os que saírem lá do outro lado serão aqueles que entenderam que deviam sair de sua zona de conforto e confrontar seus medos e tomar uma posição perante a vida.
É o momento de sensações a flor da pele, pensamentos a mil, devaneios de tudo e nada ao mesmo tempo.
Apenas escolha: Ir ou ficar, não cabe mais “ficar no muro” já que o muro foi por terra...
Assuma quem é e o que quer.
O tempo de esperar e confiar nas promessas de Cristo e de Deus, pois nele está a verdade e a salvação.
Se a tribulação lhe acometer, Deus sabe que sois capaz de passar pelo vale da morte, para renascer nas promessas divinas.
Nada será sem sentido, nem em vão.
Karol Costa
Enviado por Karol Costa em 30/05/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários